Andreas Kisser, guitarrista da banda Sepultura e torcedor são-paulino

 

Apresentação

 

            Andreas Rudolph Kisser é um guitarrista e compositor brasileiro integrante da banda Sepultura. Nascido no dia 24 de agosto de 1968, na cidade de São Bernardo do Campo, estado de São Paulo. Logo, formou uma banda chamada Esfinge na metade  da década de oitenta, onde tocavam apenas covers desde Whitesnake até Venom, obtendo grande repercussão na região do ABC paulista.

            No começo de 1987, entrou para o Sepultura, mudando-se para Belo Horizonte e começando uma carreira única na história da música brasileira. Junto com Max Cavalera, Igor Cavalera e Paulo Júnior, conquistaram o mundo, viajando pelos quatro cantos, divulgando um pouco mais a cultura brasileira através da música pesada. Após mais de vinte anos de estrada, Andreas continua como guitarrista no Sepultura, porém, o seu trabalho como músico criou raízes, partindo também para a elaboração de outros projetos.

 

Importância da entrevista

 

            A importância da participação de Andreas Kisser no documentário deu-se através do seu envolvimento como torcedor presente na final da Copa Libertadores da América em 1992, na partida final entre São Paulo Futebol Clube e Newell´s Old Boys da Argentina,  realizada no estádio do Morumbi. Essa foi nossa primeira entrevista realizada para o documentário, pois, era preciso ter primeiramente a visão do torcedor são paulino sobre a consagração do clube obtida com os títulos internacionais na década de noventa.

            O local utilizado para a entrevista foi o próprio estádio do Morumbi, inclusive, utilizamos o mesmo local onde Andreas estava naquele dia, o que trouxe grande emoção para o entrevistado. A entrevista começa com Andreas relatando toda a ansiedade da torcida são paulina antes do início da partida e o clima de apreensão que existia nas arquibancadas do estádio. Um fato curioso da entrevista foi quando Andreas nos disse que estava acompanhado de dois jornalistas indonésios, e que estes não entendiam muito bem o que estava acontecendo, já que estavam acompanhando Andreas para entrevistas sobre a banda Sepultura.

            A partida terminou com a vitória do São Paulo por 1 a 0 sobre os argentinos, o que levaria a partida para os pênaltis, já que o jogo realizado na Argentina terminara também por 1 a 0 com vitória do Newell´s Old Boys. Para Andreas, o clima de tensão era muito visível, segundo ele pelo fato da torcida relembrar os últimos resultados da seleção brasileira em cobranças de pênaltis, e também pelo histórico do técnico Telê Santana, que muitos chamavam de pé frio, mesmo com os times jogando um futebol altamente técnico.

            Mesmo com o clima de preocupação, Andreas disse que o apoio da torcida durante todo o jogo ajudou o time a não fraquejar perante os argentinos e a convicção da vitória estava presente na feição de todos os jogadores. A vitória nos pênaltis foi o ápice como torcedor para Andreas, já que nunca tinha visto uma invasão alucinada dos torcedores no campo do Morumbi, porém, para Andreas teve um momento de frustração, pois, não poderia abandonar os indonésios, embora a vontade fosse maior. Para ele, aquela euforia dos torcedores fez com nascesse dentro do clube uma vontade de ganhar sempre as competições internacionais com a Libertadores.

            O processo de reconhecimento internacional obtido pelo São Paulo Futebol Clube logo foi sentido após as conquistas dos mundiais interclubes. Durante as viagens internacionais, principalmente, no continente europeu, Andreas pode sentir o quanto de credibilidade que o clube tinha alcançado fora do Brasil. Embora seja um músico conhecido, Andreas e toda banda  estavam  ligados ao futebol pelo fato de serem brasileiros. Andreas ajudou indiretamente como torcedor a difundir ainda mais o São Paulo Futebol Clube em outros países durante as entrevistas, fazendo com que o clube também fosse conhecido pelos seus torcedores ilustres.

 

Produção

 

            A entrevista teve a duração de uma hora e quarenta e cinco minutos. As imagens com equipamento particular foram feitas pela nossa amiga Débora, que colaborou em muito com o nosso trabalho. As perguntas foram elaboradas pelos estudantes Adilson Antônio Pereira e Fábio Barbosa Lopes. Dentro do estádio do Morumbi, entrevista foi realizada por Fábio Barbosa Lopes e o texto resumindo a entrevista foi feito pelo aluno Adilson Antônio Pereira.

 

Aproveitem para visitar o site do fan club de Andreas Kisser:

 

http://www.andreaskisserfanclub.com/

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: